3 de abril de 2007

Entardecer

No fim da tarde
Há mistério e poesia
Emoções sobrepõem-se
À razão do dia.

No fim da tarde
As cores mudam
Percepções
Aos olhos inundam
O sol perde sua força
Como a menina que vira moça
A inocência vai desaparecendo
E o brilho da vida se refazendo.

- Navi Leinad -

7 comentários:

J@de disse...

Vc botou em palavras as sensações de um fim de tarde como o da foto... que lindo!!
Vem cá, existem duas identidades? Cadê a outra? hehehehe!!
Beijos!!

Marcelo Bresciani disse...

Bacana de Texto, heim moço!! :)
Estou ensaiando em escrever algumas poesias. Esses dias falava com um amigo do centro que frequento, ele vai colocar uma melodia em cima.
Que bacana! =)

Cris Moreno disse...

Ivan, boa Semana Santa para você e sua família. Fiquem com Deus.
Bjs,
Cris Moreno

Navi Leinad disse...

J@de,
dizem que uma imagem vale mais que mil palavras, mas mesmo assim eu insisto em colocar algumas palavrinhas :-)
Quanto à outra identidade, ela está aqui também, tenha certeza disso :-P
Abraço.

-----------------------------------

Marcelo,
um ser elevado como tu nem precisa ensaiar. Muito bacana mesmo! Depois quero ver/ouvir o resultado. Não esquece!

-----------------------------------

Cris,
muito obrigado, e bom feriado santo também!

Paola Vannucci disse...

Olá meu querido,

que todo o entardecer seja completo e repleto de alegria, estou aqui sempre

bjs

PAola

Mari disse...

Ivan

O entardecer é sempre um momento maravilhoso, uma reflexão, enfim...

Boa semana.

Bjs

Mari

Navi Leinad disse...

Paola,
obrigado pelas visitas.
Abraço!

-----------------------------------

Mari,
é inspirador...
:-)