18 de março de 2007

Remorso


Abro os olhos
Estou imóvel
Levanto e me vejo
Ainda imóvel
Não sinto o tocar
É quase um flutuar
Tudo está sutil
Nada me é grosseiro
Ninguém percebe
Estou ali
Imóvel
E aqui
Inquieto...
Tento entender
Aquela luz a me dizer...
E mesmo sem querer
Vou ao seu encontro
E de encontro
Encontro resposta
O coração desgosta
Só fiz o que gosto
Esqueci que não posso
No peito agora inflama
Remorso.


- Navi Leinad -

13 comentários:

Citadinokane disse...

Ivan,
Remorso é fatal...

Navi Leinad disse...

Pedro,
mas um arrependimento verdadeiro é necessário, seja ele quando for.

Paola Vannucci disse...

A vida continua........

Navi Leinad disse...

Nunca termina, Paola...

Mari disse...

Ivan,

Remorso é horrível. Bem melhor pensar antes do que tem a fazer, mas, às vezes não dá, infelizmente...

Bjs

Mari

Menina do Rio disse...

Navi
É certo que por vezes sentimos o peso do que dizemos ou fazemos, mas não podemos alimentar a culpa e sim nos retratarmos...

A menina está de volta, firme e forte!

Beijinho na alma!

castro disse...

Fala Navi!!!Muito bom teu blog!!!Gostei mesmo!!!Belíssimo visual e muito conteúdo poético!!!Vou linkar lá no meu!!!Abraço.

Navi Leinad disse...

Mari,
a gente tá aqui pra tentar acertar, e isso normalmente faz a gente errar algumas vezes.
Abraço!

-----------------------------------

Menina do Rio,
com certeza o melhor é procurar corrigir nossos erros, mas antes da atitude não podemos negar que o arrependimento é fundamental e um primeiro passo.
Fico feliz com a tua volta!
:-)

-----------------------------------

Castro,
muito bacana tua visita e comentário aqui! Valeu pelo link! Tá linkado também!
Abraço.

J@de disse...

Como é que são as coisas... eu acho uma graça os comentários que vc faz no blog do Pedro, resolvi futucar o seu blog pensando que iria encontrar piadas e tal, e encontro um poeta, que surpresa gostosa viu?
Beijos!!

Direito & Esquerdo disse...

Estou com remorso de nunca mais ter tomado suco de pêssego contigo amigo.
Um abraço
Bruno

Navi Leinad disse...

J@de,
que bom que a surpresa foi boa!
:-)
Aqui tenho outra identidade, digamos assim...
Abraço, e obrigado pela visita.
Ivan... ou Navi!
:-P

-----------------------------------

Bruno,
também me corrói por dentro esse remorso, meu amigo...
Mas já estou metendo no Pedro (no bom sentido) a idéia de retornar nossas tertúlias diurnas aos sábados, e amanhã já temos uma.
Abraço!

Menina do Rio disse...

Navi,
vim te deixar um beijo!

Navi Leinad disse...

Menina do Rio, obrigado :-)