14 de novembro de 2006

Verdadeiro amigo

Este homem
Foi escolhido com minúcia
Como prova do bom senso
Da justiça divina
Que encaminha à retidão.

Tornou possível este meu viver
E possibilita o meu crescer.
Foi preferido por mim
Para companheiro nesta jornada.
Não me deu apenas
Laços fraternos,
Ensinou-me a união.
Instruiu minhas percepções
Ao trilhar o bem
Definindo meu ser
Com responsabilidade
E dedicação.
Renunciou e realizou
Sempre em meu favor.
Confiou e em tudo me apoiou
Por ser amigo e protetor.

Este homem
Merece meu respeito
Minha admiração

E tenho orgulho
De chamá-lo pelo nome
Porque não preciso

Chamar de pai.

- Navi Leinad -

25 comentários:

citadinokane disse...

Ivan,
Tá um cheiro de "Periquita" no ar... Calma! Cálice após cálice, o resultado é fantástico!
Uma homenagem singela, parabéns amigo.
Abraços,
Pedro

pedro ivo disse...

mano,tuas palavras são as dos filhos,lindas,perfeitas!nosso pai é um homem de caráter,simples,humilde,amigo,que como dissestes,além de laços fraternos nos ensinou (e ensina) a viver com dignidade,mostrando os verdadeiros valores da vida!TE AMAMOS PAI!PARABÉNS!

ps:"atrás de um grande homem,sempre há uma grande mulher"

Walter Jr disse...

Lindo! Gostei muito.Parabés. Um grande abraço.

Navi Leinad disse...

Pedro (citadinokane),
esse teu líquido dos 'dioses' além de ter um nome ambíguo, te deixa muito eufórico, não poderia ser diferente... sinal de que a coisa é boa independente do significado hehehehehehehehe...
valeu, meu amigo!
abração.

-----------------------------------

Pedro Ivo,
fale cara!
bem lembrado, me'rmão!
a homenagem pra ser completa não poderia faltar essa referência.
"avião sem asa, fogueira sem brasa... carro sem estrada, queijo sem goiabada"

-----------------------------------

Walter,
obrigado pela visita e comentário.
abraço também.

marisanblog disse...

Ivan,

Realmente amigo.

Agora cá pra nós. O Pedro só fala nesse vinho. O homi tá eufórico demais, rsrsrs

Foi ao meu blog, deparou com os nus artísticos e endoidou. Passe por lá e verás, rsrsrs

Abraços

Mari

citadinokane disse...

Ivan,
Não adianta a Mari ficar com esse papo, ela também anda "emperiquitada" e só visitar o blog dela... ehehehe...

Navi Leinad disse...

Mari,
eu vi lá e concordo contigo
hehehehehehehe :-)

-----------------------------------

Pedro (citadinokane),
a confraria só aumenta!
hahahahahaha...

Ivna disse...

Todos os meus irmãos falaram, e o q eles falaram refletem o q sinto e o q penso! Meu pai é acima de tudo um bom homem, é um exemplo de vida, de esforço e dedicação em sua prioridade, a família!! Minha família é tudo o que tenho, somos a força uns dos outros, amo vocês!!!!!

Navi Leinad disse...

Ivna,
sempre unidos!
beijos maninha ;-)

Paola Vannucci disse...

Me emocionou muito este poema

Lembrei do meu pai

adorei

bjssssssssssss

andre wernner disse...

Meu caro Navi,
Mais que um poema,
Mais que belas palavras!
É o sentimento que brota
E o amor que jorra
E reconhece a luz
Porque ambos vibram
Na mesma intensidade
É luz essência...
Parabéns a você
Pelo pai exemplar
E parabéns ao seu papai
Por entender a vida
E a plenitude
Que nela se encerra!
Abs

Navi Leinad disse...

Paola,
que bom poder te proporcionar essas boas sensações.

-----------------------------------

Andre,
obrigado pelas belas palavras.
gosto das tuas visitas aqui no blog.
grande abraço.

Juvencio de Arruda disse...

Linda homenagem.Abs

Navi Leinad disse...

Obrigado, Juvêncio.
Abraço!

Regida por Vênus disse...

Passo pra retribuir a visita e os comentários :) Quando eu lançar meu livro vc compra alguns exemplares????
Belas poesias tb.
Fiquem em paz!!!
Abrax

Direito & Esquerdo disse...

Ivan,

Simples e certeiro . . .
Bem no meio do coração.
Um abraço
Bruno

Navi Leinad disse...

Regida por Vênus,
é só avisar quando do lançamento
:-)
[]

-----------------------------------

Bruno,
o objetivo foi alcançado.
abraço, meu amigo.

Márcia Corrêa disse...

Parabéns por ter conseguido escrever sobre seu pai. Não me sinto capaz de escrever sobre o meu. As palavras não encontram a rima sonhada.

Navi Leinad disse...

Márcia,
mesmo a gente escrevendo, com certeza nunca vamos achar aquela rima sonhada, definitiva...
tentei, ele gostou e eu agradeço a todos os amigos, parentes e visitantes pelos comentários.

Eliete disse...

Ivan, tive e tenho muitos amigos, mas no decorrer de minha vida aprendi que meu pai foi o melhor e maior de todos, juntamente com minha mãe. Hoje ele já não se faz presente, não em corpo,mas seus ensinamentos me acompanharão por toda minha vida. Ele sim, era uma pessoa que realmente valia a pena.
Tu demonstraste que o teu também vale. Parabéns.

Navi Leinad disse...

Eliete,
vale sim :-)

Eurídice disse...

Que lindo Ivan! Eu sou maluca por meu pai, sabe, se preciso daria minha vida por ele. E olha que seu Ivo tem muitos defeitos, mas as qualidades são tão maiores que superam tudo. Costumo dizer que se nascesse mais cem vezes gostaria que ele fosse meu pai em todas elas. Bem, também não quero nascer mais cem vezes, a vida na terra é muito difícil e quando retornar ao plano espiritual farei de tudo para protelar meu retorno.
Parabéns pelo texto, muito lindo mesmo. Abs.

Navi Leinad disse...

Eurídice,
fico feliz pela tua visita ao meu blog, espero que volte mais vezes.
A gente precisa reconhecer certas verdades quanto àqueles que estão sempre nos apoiando não apenas por serem pais, mas pelo significado profundo da palavra amizade que nos provam durante a vida.
Obrigado pelas palavras.
Abraço.

Fred Guerreiro disse...

Parabéns!
Muitos tentam, mas poucos fazem poesia. Todo o resto é poema.

Navi Leinad disse...

Obrigado, Fred.
Abraço!