9 de novembro de 2008

Sobrevoando o inferno


Olhou para baixo e sentiu o calor arder em seu rosto. O corpo queimava, mas seu espírito permanecia imaculado. Observou com repulsa o contentamento de seus inimigos. Eram eles as chamas do seu inferno.
- Navi Leinad -

20 comentários:

Kiara Guedes disse...

como se volta depois de chegar tao perto assim meu poeta?... como?

Menina do Rio disse...

Imagino o calor!

Um beijinho

Ivan Daniel disse...

Kiara,
tô tentando voltar... qualquer coisa te falo rsrsrsrsrs...

-------------------------------------

Menina do Rio,
é forte mesmo.
Abraço.

Harold disse...

Como o personagem do texto é enigmático. Ou será complexo?
Um grande abraço!!!

Felícia P. disse...

Hoje descobri um monte de blogs legais. Este é um, em verso e prosa. Gostei muito. Quando puder dá uma olhada nas minhas viagens, divagações, amenidades, perplexidades, etc... Bj.

Yoshi disse...

Olá.
Eu achei seu blog no Brasil Blogs,
entrei para dar uma olhada
e achei bem interessante.
Gostaria de saber se você tem interesse
em fazer uma parceria para troca de links
entre nossos blogs?
Se você aceitar mande um comentário
para o meu blog:
http://historiaserankings.blogspot.com/
ou um e-mail
yoshirashai@hotmail.com
Abraços.YOSHI!

Ivan Daniel disse...

Harold,
grande abraço também!
Valeu.

-------------------------------------

Felícia P.,
que bom, volte sempre e sinta-se bem-vinda.
Vou lá sim te visitar.
Abraço.

-------------------------------------

Yoshi,
vou conhecer teu blog primeiro, ok?
Obrigado pela visita.

Frederico Guerreiro disse...

Esses versos me lembram uma caminhada pela Av. Almirante Barroso às três da tarde.

Ivan Daniel disse...

Certamente lembram, Fred.

Camila Karina disse...

Como dizia Sartre, "o inferno são os outros"..sempre! heheh

um beijo.

maria ferraz disse...

Alô Ivan!
Venho ao teu encontro através dos links do professor Pedro Nelito, e gostei muito do seu blog.
Vou ficar esperando vc para um cafezinho virtual, hein?!
Abraços,
Maria

Ivan Daniel disse...

Camila Karina,
e às vezes esses "outros" são nossas próprias criações.
Obrigado pela visita.

-------------------------------------

Maria Ferraz,
obrigado pela visita.
O meu sem cafeína, por favor :-)

De nascimento, Silva. disse...

Ahh obrigada ^^

gotei do teu blog. Gostei mesmo do desse teu post!

beijos

te add no meus favoritos, gostei daqui.

www.teencontrodepoisdachuva.wordpress.com

www.cozinhadadonadel.blogspot.com

=*

maria ferraz disse...

Oi poeta!
Obrigada pela visita.
Fico sempre esperando por vc.
bjs

Ivan Daniel disse...

Tainá,
obrigado.
Já havia gostado do teu 'encontro', só que esqueci de falar... rsrsrsrsrs...
Retribuí :)
Um abraço.

-----------------------------------

Maria,
obrigado pelo poeta :)
Nem precisa sentar, ok?
Abraço.

mari disse...

Ivan,

Eu sempre sobrevoo o teu blog, e que energia aqui hein?!

Abraço pra vocês! O Enzo é lindo e meigo.

Bjs

Luciane Fiuza disse...

Obrigada pela visita ao "Lu" e parabéns pelo blog, está bonito e, como sempre, cheio de poesia.
Abs!
Lu.

Ivan Daniel disse...

Mari,
tô ficando sem energias, de tanto queimar nessas chamas... mas prometo ressurgir das cinzas, tá?
Obrigado pelo carinho.
Abraço.

-------------------------------------

Luciane,
sempre visito o 'Lu', peço desculpas pela falta nos comentários.
Abraço.

Anônimo disse...

Só quero dizer que é um grande blog você tem aqui! Eu estive por aí por bastante tempo, mas finalmente decidiu mostrar o meu apreço pelo seu trabalho! Polegares para cima e mantê-lo ir!

Ivan Daniel disse...

Obrigado, anônimo.