22 de novembro de 2007

O brilho intenso

Ai de mim se um dia meus olhos deixarem de te olhar nos olhos,
dizendo-te sem palavras que eu te amo profundamente!
Não seria mais digno de tê-los...
Foram esses mesmos olhos que se perderam presos aos teus

sob a luz de um raio de sol entre as árvores,
surgido para o momento e eternizado pelo tempo,
pois cada vez que os olho profundamente,
há um brilho intenso revelando-me claramente
aquele mesmo ânimo para a devoção extrema,
como se ainda fosse à primeira vista.

- Navi Leinad -

13 comentários:

Um Momento disse...

Que beleza...
Adorei
Beixo um beijo e o desejo de um lindo fim de semana
(*)

Alcinéa Cavalcante disse...

Querido,
Fiquei uma semana desconectada. Só hoje estou voltando então vim logo aqui agradecer pelo selo. Obrigada, amigo.
Beijo

Navi Leinad disse...

Um Momento,
obrigado pelo carinho.
Abraço.

-----------------------------------

Alcinéa,
foi uma semana difícil, li no teu blog, mas que bom que tudo se resolveu.
Abraço.

Kiara disse...

Ivan, sabe... eu gosto muito de teus poemas, mas o que mais me encanta é essa coisa (que não é todo mindo que tem) de fazer com que a gente vizuali-se algo, meu seu, de alguém...identificação! Amo isso, além claro da serenidade, que pelo visto está mais aflora que nunca, ou estou enganada?! rs
Bjs

Dani Guima disse...

Ivan,

vi as fotos do filhote, amei! Ele tá um fofoooooooooo!!

E esse poema também tá tudo de bom!!!

Parabéns!

Bj grande, Dani Guima.

Navi Leinad disse...

Kiara,
apesar das noites mal dormidas, dos momentos de intranqüilidade pelos choros que aos poucos vou conseguindo identificar os motivos, é necessário que a serenidade sempre se faça presente... do contrário eu também precisaria de colinho dos pais!
rsrsrsrsrsrsrs
rsrsrsrsrs...

-----------------------------------

Daniela,
obrigado... eu babo muito por ele rsrsrsrsrsrsrsrs...

Kiara Guedes disse...

Amigo, tem presentinho pra vc lá no Neste Instante! Bjs

Menina do Rio disse...

Querido, como está o baby? Imagino que lindo e fofo!
Que a luz desses olhos continuem sempre a iluminar tua vida e mostrando o brilho do amor!
Um beijinho pra vocês com carinho

Navi Leinad disse...

Kiara,
gostei muito!
:-)

-----------------------------------

Menina do Rio,
está todo molhado de tanto que eu babo rsrsrsrsrsrsrs...
Dá uma olhada no álbum dele nos meus links.
Obrigado pelo carinho.
Abraço.

Mari disse...

Ivan,

Lindo! Vou copiar e em breve postarei em meu blog. Com os devidos e honrosos créditos.

Bjs

Navi Leinad disse...

Fique à vontade, Mari.
Abraço.

OverLove disse...

Gostei muito do seu blog. Parabéns pelos textos. Encontrei-o pelo link sentimentos em blogs. Sou amador em escrever e publico meus textos no meu blog chamado textostentados. Se puder, visite lá. Se gostar, ou não, comente. O endereço é: http://textostentados.blogspot.com/

Um exemplo do que tem lá sobre "Olhar":

Um rosto com olhos fechados.
Abre os olhos.
Rosto imóvel.
Pálpebras em movimento.
Procura-me com o olhar.
Um prato de radar.
A mira seca.
Encontra meus olhos.
Campo mútuo.
Cúmplice.
Desejos coincidentes.
Mudos.
Confidentes.
Inconfessáveis.
Desnudos.
Cegos.

Olhos nas cartas.
Sabe jogar
Concentrada.
Disfarçada.
Passeia o olhar.
Dissimulada.
Encontra meus olhos.
Olhar de pedido.
Escondido.
Momentâneo.
Volta às cartas.
Quer passear.
Só por olhar.
Com prazer.
Proibido.

Corpo na cama.
Distante uma cama.
Entre dois cantos de quarto.
Olhar no luar.
Entre estrelas.
Vozes nas trevas.
Não adianta olhar.
Cegos.
Um raio perfumado.
Um foco morno.
Um campo doce.
Olhar sem direção.
Aproximação.
Toques sem fato.
Audição.
Olfato.
Abraço.
Beijo.
Ato.

Passa o tempo.
Um olhar.
Outro olhar.
Sem falar.
Só querendo,
Pelo olhar,
Fazer fluir.
Sentir.

Num olhar
Mais devagar
Revela.
Ri.
Quente.
Líquido.

Tantas vezes falei, com o olhar,
O quanto queria ser seu
Inteiramente seu
Para sempre
Cego.

Que prazer
Lembrar
Do seu olhar virgem
De todas as cores
Do meu amor.
Cego.

Ivan Daniel disse...

Overlove,
também sou amador...
Obrigado pela visita e pelo comentário.
Vou dar uma passada no teu espaço.