13 de fevereiro de 2007

Fé inabalável

Tenho fé!
Acredito na razão
Não me intimido
Perante o novo
Não temo o enxergar
Limitado pelo receio
Sinto um momento maior
Um ensejo de luz
Que me avizinha
Uma aurora intensa
Segura e contínua
Pois é chegada a hora!
Confio na palavra
E tenho fé
Pois é chegada a hora!
Declaro a liberdade
Fonte do meu ser
Desatando os nós
Que me impedem o viver
Mostro a sabedoria ocultada
Na pátria íntima
Minha índole inalterada
E provo que a fé
É o caminho inabalável.


- Navi Leinad -

15 comentários:

fabricio lima disse...

fala ivan. eh muito bom passar aqui e ler os teus textos.abraços

Menina do Rio disse...

Revelando-me aqui numa breve visita, gracias por tua doce presença em minha pagina.
Feliz dia do amor!

beijos

Anônimo disse...

Então que seja: Feliz dia do amor!?
abraços hermano,
Pedro

Navi Leinad disse...

Fabrício,
beleza, cara! Continua visitando.
Abraço!

-----------------------------------

Menina do Rio,
o dia do amor deveria ser todo dia em nossos corações, não é verdade?
Obrigado pela sempre agradável visita.

-----------------------------------

Pedro,
e será!
Abraço.

Paola Vannucci disse...

Fé que remove montanhas....

Bela noite meu amigo

Beijos

Sophia Jares disse...

e ai?
como vc tá?
tanto tempo sem nos falarmos né? :/
espero que seu ano esteja sendo bom :)
FELIZ AO NOVO (atrasadissimo) :D

Meus versos a ti disse...

Linda mensagem. Transmite uma paz interior.

Lelis

Menina do Rio disse...

Como já comentei, hoje deixo apenas meu beijo

Navi Leinad disse...

Paola,
como disse um grande compositor gaúcho, "é preciso fé cega e pé atrás".
:-)
Abraço.

-----------------------------------

Sophia,
faz tempo, mas não deixei de te visitar. Pena não encontrar teu blog atualizado, mas entendo o que é um vestibular em nossa vida... ficamos sem tempo mesmo.
Obrigado e apareça mais vezes.
Abraço!

-----------------------------------

Lelis,
que bom ter conseguido passar uma mensagem bela.
Obrigado pela visita e comentário.
Abraço.

-----------------------------------

Menina do Rio,
obrigado pelo carinho de sempre :-)

Direito & Esquerdo disse...

Ivan,

Também tenho fé de encontra-te em breve.
Um abraço.
Bruno

Marcelo Bresciani disse...

Muito bom este texto!!!
Parabéns!!!!!

Navi Leinad disse...

Bruno,
boto fé na feijoada da Computer!
Abraço, amigo.

-----------------------------------

Marcelo Michelangelo da Vinci,
:-)
obrigado pelo elogio!
muito me honra.
grande abraço!

Yúdice Randol disse...

Esta é a primeira vez que deixo um comentário para ti, grande Ivan. E o motivo é um só: adorador da poesia que sou, tenho um jeito pessoal de me relacionar com ela, que envolve silêncios e meditações. O que eu diria, além de "gostei", "adorei", "gostei mais do outra, porém essa também é boa", etc. Como não sou versado no assunto, seria leviano de minha parte analisar a obra de um poeta.
Então venho aqui te dizer, apenas, que o tema da fé merece mesmo algumas linhas, mormente nestes tempos. Muito boa a tua escolha e a leitura que deste a ela. Um abraço.

Marcelo José Bresciani disse...

Fala Daniel!
Ficaria muito honrado com o nome de dois gênios muito mundiais.... mas, não faço mais que uma criança de dois anos... alias, veja lá no meu blog o desenho da minha filha de 3 aninhos! Heheheh

http://www.marcelo.bresciani.nom.br/blogs/index.php?blog=5&cat=29

[]´s!!!

Navi Leinad disse...

Prezado Yúdice,
mil desculpas pela grande demora na resposta do teu comentário. Hoje que percebi a gafe ao receber outro comentário aqui no post. Faço um controle quase que diário das estatísticas do blog, mas falhei... e falhei feio, porque foi logo contigo, uma pessoa que admiro bastante e que tenho o prazer de encontrar a qualquer momento pelos corredores da faculdade... e era o primeiro comentário!
Agradeço de coração as palavras deixadas aqui pra mim e espero não cometer mais um erro crasso como esse.
Forte abraço,
Ivan.

-----------------------------------

Marcelo,
tu és um cara cheio de dons, sabes identificar e trabalhar bem tuas habilidades, e isso é motivo pra eu te reverenciar.
Vou lá conferir o desenho sim.
Abraço.