8 de abril de 2006

Olha

Olha nos meus olhos
e pensa no que viu.
Olha nos meus olhos
e reflita se sentiu.

Olha nos meus olhos
e perceba a compaixão.
Somente olha nos meus olhos
porque palavras são em vão!
Escuta a tua alma
e esqueça a presunção.
E faz da tua vida
um meio de luz e elevação.

Olha nos meus olhos
e entenda por favor!
Não tenha medo de contemplar

meu melancólico e sublime amor.

- Navi Leinad -

6 comentários:

Anônimo disse...

Adorei, seus textos são lindos Navi !!!

abs

Harold disse...

Genial este texto. Dá vontade de imitar este poeta e declamar para a moça mais bonita da cidade.
Saudações bicolores!

Navi Leinad disse...

Obrigado pela visita, Bruno! Até julho, amigo!

Navi Leinad disse...

Saudações bicolores, Alemão! Essas minhas nuvens representam bem a identidade paraense :-)

marisanblog disse...

Ivan,

Estou apaixonada pelo teu blog, por tuas poesias. Todas maravilhosas.

Te visitarei sempre.

Mari

Navi Leinad disse...

Fico honrado por essa identificação que tens demonstrado com o que escrevo, Mari.
Também estou te visitando sempre.
Um forte abraço!